Soluções Industriais
reembalar@reembalar.com.br | +55 11 2339-8792

Compartilhando boas idéias, já conhece o “Movimento Separe. Não Pare“?

Separe o Lixo

A ONU Meio Ambiente e a Coalizão Embalagens, formada por 23 associações empresariais signatárias do Acordo Setorial de Embalagens em Geral, lançaram em Agosto na Casa da ONU, em Brasília (DF), o movimento “Separe. Não Pare” com o objetivo de informar, inspirar e mobilizar a população brasileira a separar e descartar corretamente os resíduos domésticos.

A coalizão tem como missão reduzir em 22% a quantidade de embalagens encaminhadas para aterros sanitários no Brasil até 2018. Para atingir esse resultado, ressalta a responsabilidade compartilhada, tão disseminada pela Política Nacional de Resíduos Sólidos com a participação de empresas, prefeituras e da população. Um dos focos é sensibilizar a sociedade sobre a separação do lixo doméstico em orgânico e reciclável e destinar corretamente para catadores do bairro, em pontos de entrega, ou por caminhões de coleta seletiva.

Movimento ‘Separe. Não pare.’

A divulgação será feita por uma campanha digital, desenvolvida pelo Grupo TV1, com a participação de influenciadores e o portal informativo www.separenaopare.com.br. Nele, a população pode encontrar conteúdos como o passo a passo da separação e o descarte correto de diferentes tipos de embalagens; onde encontrar pontos de entrega; iniciativas já existentes; detalhes sobre quais materiais são recicláveis ou não, entre outros.

O movimento começará como um projeto-piloto na cidade de São Paulo. Entre as ações que serão realizadas, estão a distribuição de panfletos informativos para a população e colaboradores das empresas participantes da coalizão, além de parceria com o SECOVI-SP (Sindicato da Habitação) para comunicação direta com os condomínios.

A campanha também ressalta a importância da ação dos catadores na cadeia da reciclagem. Eles são responsáveis por mais de 50% do material recolhido e encaminhado às cooperativas, em São Paulo, e têm papel fundamental na cadeia. Atualmente, cerca de 80 mil pessoas trabalham em cooperativas e associações de catadores.

Continue lendo a publicação completa no site da ONU…

Trechos da publicação por ONUBr: https://nacoesunidas.org/

Fonte 2: http://separenaopare.com.br/

 

 

#Reembale

Você já pensou em substituir suas embalagens convencionais por materiais com menor impacto ambiental?

Com base na postagem anterior sobre o Tempo Estimado de Decomposição do Lixo, podemos (e devemos) perceber que o plástico pode ser um material extremamente nocivo ao meio ambiente. Não somente pelo seu alto tempo de decomposição, se comparado ao papel, por exemplo, mas também pelo altíssimo consumo desse tipo de material na sociedade atual.

Não por acaso, têm-se procurado constantemente substituir esse produto por itens com menor impacto ambiental ou, quando da impossibilidade da substituição, sempre destiná-lo ao descarte correto após o uso: A reciclagem.

O Brasil ainda tem muito a avançar na questão da reciclagem de plásticos. De acordo com o ultimo estudo do Cempre (Compromisso Empresarial para Reciclagem ), “cerca de 21,7% dos plásticos foram reciclados no Brasil em 2011, representando aproximadamente 953 mil toneladas por ano”. O país com maior índice naquele ano foi a Suécia, reciclando 53% do plástico produzido.

Acesse o artigo completo na página do Cempre.

Alguns produtos ainda são indispensáveis no uso industrial. Mas outros já encontram fortes substitutos, como a Fita Gomada, por exemplo, que por ser produzida em Papel Kraft 80gr, tem período de decomposição estimado em 6 meses e pode ser uma excelente alternativa para o fechamento de embalagens simples. Bem diferente das Fitas Adesivas convencionais, produzidas em BOPP (polipropileno bi-orientado), um tipo de plástico.

 

Fita Papel Gomado

Fita de Papel Gomado – Produzido em Papel Kraft 180gr Monolúcido

 

Outros produtos também podem ser substituídos, como o Envelope de Segurança em Plástico Coex por Envelope de Segurança em Plástico Oxi-biodegradável ou por Envelope Bolha produzido em Papel Kraft. O Filme Stretch em PEBD convencional pode ser substituído pelo PEBD reciclado, e assim por diante.

Ainda que promovendo alternativas de menor impacto ambiental, nós, da Reembalar, acreditamos que é importante promover em cada ambiente a reciclagem, o descarte correto, a coleta seletiva, a reutilização de produtos. Por isso nos importamos em debater o uso do plástico, que ainda é um elemento essencial dos produtos que comercializamos, mas acreditamos num planeta melhor acima de qualquer produto.

 


 

Você sabe qual o tempo estimado de decomposição do lixo de cada produto? Quanto tempo cada tipo de material leva para se decompor no meio ambiente?

Saiba o impacto que cada produto que você consome traz ao ambiente. Veja abaixo quantos anos demora para cada tipo de material se decompor na natureza.

Tempo decomposicao Lixo_Fonte Akatu

 

Fonte: Instituto Akatu.

 


 

#Reutilize

Você sabia que o Brasil recicla cerca de 58% dos papéis produzidos atualmente e que o papelão ondulado responde por 70% dessa taxa?

Se considerarmos outras matérias que têm excelente taxa de reciclagem no país, como as latas de alumínio para bebidas, por exemplo, com índices de recuperação em cerca de 97%, ainda temos muito por melhorar na reciclagem de papéis. O país com melhor índice é a Coréia do Sul, que recupera cerca de 92% do papel produzido. Por outro lado, espera-se que a Política Nacional de Resíduos Sólidos melhore consideravelmente essas taxas de reciclagem no Brasil.

Nós, da Reembalar, nos preocupamos e muito com a questão. Essa preocupação é estampada em nosso nome. Por isso, a reutilização dos tubetes de papelão é de extrema importância em nossas políticas de vendas. Atualmente contamos com uma taxa de recompra de tubetes em cerca de 79% de todas as bobinas vendidas. E estamos trabalhando constantemente para aumentar esse índice.

O tubete de filme stretch é produzido à partir do papelão em rígidas camadas, proporcionando durabilidade e resistência ao material. E justamente por essas características podemos dizer que um tubete pode ser reutilizado por inúmeras vezes, quando bem conservado. Muito mais que caixas de papelão ondulado convencionais. Portanto, mantenha os tubetes de papelão sempre em local seco e separe dos papéis convencionais.

Tubo Papelão

Tubete de Filme Stretch

 

Conte conosco na recompra de tubetes de papelão para reutilização no processo de industrialização do nosso filme stretch.

Envie-nos um email.

 

Fontes:

Reciclagem de alumínio: http://abal.org.br/sustentabilidade/reciclagem/reciclagem-no-brasil/

Entrevista de Pedro Vilas Bôas para a Cempre: http://cempre.org.br/cempre-informa/id/30/a-reciclagem-de-papel-no-brasil

Reciclagem de papel: http://www.recicloteca.org.br/material-reciclavel/papel/

Política Nacional de Resíduos Sólidos: http://www.mma.gov.br/política-de-resíduos-sólidos

 


 

10415mundo5 de junho – Dia Mundial do Meio Ambiente

Ocasião perfeita para inaugurar o Blog Reembale!.

A celebração em 5 de junho ganhou destaque por ser a data em que a Organização das Nações Unidas inaugurou, na Suécia, a Conferência de Estocolmo sobre Ambiente Humano, em 1972. Conferência essa que ficou conhecida como a primeira atitude mundial para tentar organizar as relações do Homem e do Meio Ambiente e reuniu cerca de 113 países e 400 instituições governamentais e não governamentais.

Muito se discutiu à época por relações industriais e divergências entre países subdesenvolvidos e desenvolvidos. Mas o fato é que a importância da data é lembrada, desde então, para promover ações de conscientização ambiental.

Como herança dessa importante conferência, que serviu não só para alertar os líderes na ocasião, como também toda a população mundial sobre os rumos de um planeta sustentável, vale lembrar que todos temos participação. Cada atitude pode fazer a diferença.

Pequenas mudanças em hábitos simples como a coleta seletiva de lixo na sua casa ou condomínio, a economia de água em afazeres domésticos, o cuidado em verificar os certificados antes de comprar aparelhos domésticos que consomem muita energia. No ambiente corporativo, pensar em formas de reduzir o consumo de material descartável, de papel sulfite, de energia elétrica. Você já pensou em levar uma xícara para o escritório e parar de usar copinhos descartáveis? E na hora de imprimir, já parou para pensar se aquilo realmente era necessário ou, se sim, em usar folhas de rascunho?

No segmento industrial de embalagens, onde temos forte atuação, já pensou em reduzir o consumo de material na sua empresa? Que tal pensar em produtos com qualidade superior, os quais trariam redução no uso de material ou possibilidade de reutilização? Exemplos simples como um Plástico Bolha com maior espessura, fitas com alto poder de adesão, como as Fitas 3M, produtos que protegem e preenchem espaço ao mesmo tempo, como a Manta de Acolchoar, ou num poderoso Filme Stretch com alto índice de estiramento e reaproveitamento de tubetes. Soluções simples que comprovadamente trazem redução de consumo e, consequentemente, de resíduos não só em sua operação como no meio ambiente.

Definição de Sustentabilidade pelo dicionário:

1. Qualidade ou condição do que é sustentável.
2. Que se pode defender.
3. Que tem ou cria condições para se manter ou conservar.

Não espere sua empresa, seu condomínio ou o governo tomar ações de sustentabilidade. Comece mudando seus próprios hábitos.

Vale a data para inaugurar o blog, mas também vale para lembrar a importância das pequenas ações que fazem grande diferença para o mundo.

 


Sobre o Blog Reembale!

O Blog Reembale! foi criado para divulgar idéias em diferentes opiniões.

Aqui falamos sobre embalagens, logística, indústria, sustentabilidade… E tudo em opiniões de colaboradores, especialistas ou simplesmente quem tenha conteúdo relevante aos assuntos condizentes com nosso mercado.

Assuntos tratados com descomplicação, sem abrir mão da seriedade.

Aguarde postagens e acompanhe. Será um prazer ter você conosco!

Você também pode colaborar com nossas publicações enviando conteúdo relevante. Entre em contato para saber mais.